quinta-feira, 25 de abril de 2013

TRIATLETA TEM BIKE ROUBADA NOVAMENTE EM MENOS DE 3 MESES

 
O triatleta João Martins Galvão, formado nas escolinhas de triathlon da Fetriece, levou um susto no inicio da tarde de ontem (24.04). João Martins foi abordado na Via Expressa no bairro da Varjota, nas proximidades do Terminal do Papicu e teve pela segunda vez em menos de três meses sua bicicleta de competição roubada.

Os ladrões foram vistos entrando na favela próxima aos trilhos da Via Expresa. Quem tiver maiores informações favor entrar em contato com a Fetriece pelo 85- 3253.0321 ou através do 8841.8288.

João Martins é um dos mais promissores triatletas do Ceará, já tendo sagrado-se campeão diversas vezes do Campeonato Cearense de Sprint Triathlon, Triathlon Olímpico, Longa Distância e campeonato brasileiros. Vinha treinando para participar do Mundial de Longa Distância em Belfort na França.

A notícia do ocorrido já vem movimentando as redes sociais através dos amigos pessoais, companheiros de esporte e até mesmo desconhecidos, que passaram a compartilhar a foto e descrição da bicicleta.
 
Vamos encontrá-la!!!

7 comentários:

  1. Que pena, mas essa não seria uma bicicleta muito cara pra ele ficar rodando por ai???

    Espero que encontre!

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente estamos a mercê de uma segurança publica falida, mais não podemos deixar de realizar nossos treinos e nem desanimar por isso, mais bem que o governo estadual e municipal poderia criar um tipo de pista de ciclismo com uma boa estrutura de treinamento tipo o Cuca pois estariamos mais seguros e haveria um tipo de troca de ideias com atletas mais experientes, ou seja seria um ponto de encontro de treinos e de ideias construtivas e uma boa relação no meio social ,saude e bem estar de vida

    ResponderExcluir
  3. Esses garotos com bikes caras, andando em favelas, só dá nisso. Eles no triathlon, podem sair do mal, mas não podem pensar que vão viver disso, pelo menos morando aqui. É uma boa iniciativa, mas não ela isolada. Mais cedo ou mais tarde terão que abandonar para trabalhar e isso tudo terá sido apenas um investimento alto para crianças. Então, alto rendimento ou apenas incentivar a fazer um esporte, será a mesma coisa. É uma pena morarem aqui. No Brasil, a única coisa que tira esses garotos de onde estão é o futebol. Lamentável.

    ResponderExcluir
  4. O João Martins é um dos mais promissores triatletas do Estado!! Já pensou se tivesse investimento, como não seria o desempenho dos nossos atletas nas Olimpíadas... Esse garoto utiliza a bike para competir, para se locomover pros treinos, para o próprio treino... Não tem como um atleta como ele treinar e andar em uma bike de ferro!! Ele mora em um bairro mais simples, mas não foi roubado no seu bairro! Foi roubado próximo ao Bom Preço do Papicu, e agora próximo a academia do trilho.. Ou seja, foi roubado em plena região Meireles/Papicu !! Espero que ele consiga recuperar sua bike, e que esses contratempos não baixem a moral dele, tomara que fortaleça-o cada vez mais !!! Ah, pro anônimo ai de cima, o João Luis faz faculdade de Educação Física e faz estágio em uma assessoria esportiva pra pagar a faculdade! Ele vai continuar tendo sucesso na profissão e no esporte !!!

    ResponderExcluir
  5. Quem usa uma KUOTA para se locomover por fortaleza? Eu ando em uma GTS morrendo de medo imagine uma KUOTA. A Fetriece esta dando pano pra manga. Pq os atletas não usam o transporte público ou uma bicicleta mais barata para chegar aos locais dos treinos? KUOTA pra se locomover em fortaleza é pedir para ser assaltado!

    ResponderExcluir
  6. Exceto o comentário do Marcos, todos os outros são comentários infelizes e sem noção. Perderam uma ótima oportunidade para ficarem calados.

    João, muita força pra você meu irmão!

    Em PE estamos torcendo para que recupere logo sua bike.

    Abraço.
    Carlos

    ResponderExcluir
  7. muito bom Marcos, pelo o belo comentário que você vez do grande atleta que é o João tem pessoas que nem saber da realidade certa do atleta e fica comentando, alias não sabe da superação que ele tem que passar todos os dias e do dia puxado que tem ao longo do dia, como trabalhar, estudar, treinar e treinar. essa bike também é uma forma de transporte que o atleta tem para se locomover para sua necessidade que tem durante o dia.. força João e foco você vai conseguir da a volta por cima, VAMOS INVERTI, na molecada porque sem ele o Brasil não é nada tenho certeza de 100 criação apoiada 99% vão se torna uma pessoa melhor um bom cidadão podem ate não chegar a ser um atleta olimpico mais vão conseguir estar cursando uma boa faculdade através do esporte, ou militares do exercito a FETRIECE já formou varios cidadãos......

    ResponderExcluir

FETRIECE: RUA RODRIGUES JÚNIOR, 89, CENTRO, FORTALEZA - CE. TEL: 85-3253.0321.
EMAIL: triathlonceara@gmail ou federacaot@gmail.com